Janeiro:

A parte mais importante foi passar o ano novo, Natal do ano passado e mais uma semana em Florianópolis com quem mais amo. Foi poder experimentar a praia no início do ano e deixar tudo de ruim que o outro ano me trouxe ir embora, e sossego o suficiente pra planejar minhas metas e projetos pro ano que ia começar.

Fevereiro:

Foi cheio de momentos especiais, mas o que mais me marcou e levo até hoje como um dos dias mais lindos e divertidos do ano foi o picnic com os amigos. Só gente linda e que amo de paixão (algumas que ando morrendo de saudades!), e que ainda rendeu um post super bonitinho pro blog com fotos lindas que você pode ver nesse post.

Março:

Desse mês do ano o que mais guardo de lindo foi o Lollapalooza. Ver uma das minhas bandas preferidas de perto (e de bônus a Lindsay Lohan assistindo o show bem na minha frente) foi maravilhoso! Fiquei na grade, caí no meio de uma rodinha de um show e jurava que ia morrer, fiquei suja, suada, cansada, vi amigos, mas me diverti horrores. Mesmo festival sendo cansativo e você não tendo um show grande e maravilhoso dos artistas que você ama, a atmosfera que vem com ele compensa, as pessoas e as bandas que você acaba conhecendo. Postei sobre o Lolla aqui.

Abril:

Ilustrando esse mês, eu resolvi colocar as fotos dos cookies que fiz e muita gente acabou pedindo receita. Foi mais ou menos nessa época que eu comecei a levar a ideia de cozinhar mais a sério, e super deu certo. Cada dia que passa eu vou aprendendo a cozinhar algo diferente, e tento atualizar a tag “tanynacozinha” sempre que dá. Você pode ver alguns posts aqui:1, 2, 3 e 4.

Maio:

Revendo maio, foi um mês com acontecimentos bem legais: formatura de um amigo, a Color Run, vários programas com amigos, mas nada barra matar a saudade. ♡

Junho:

Taí um mês que eu floodei o Instagram (considerando que não posto todo dia) com fotos de viagem. Além do mais, não é sempre que você conhece Buenos Aires pela primeira vez, né? E foi lindo? Foi! Foi inesquecível? Demais! Não consigo relacionar esse mês com nada além dessa semana deliciosa que passei por lá com a família. Mais detalhes da viagem você pode conferir aqui: 1, 2, 3 e 4.

Julho:

Julho foi o mês que escolhi pra ficar mais perto dos meus amigos. Lembrando por alto, consegui vê-los quase que diariamente mesmo com os dias cansativos e imprevisíveis. Uma das coisas que eu mais amo dos meus amigos é que eles topam as coisas na hora e um domingo entediante vira um dia inesquecível na piscina, como esse aí de cima. Não podia ter pessoas melhores na minha vida.

Agosto:

Talvez a viagem mais especial do ano. Eu já sabia que ia há meses, mas ela veio em um momento ideal, em uma cidade que eu não conhecia e em partes queria visitar uma amiga que mora lá, e imaginava que iria gostar da cidade mais por ela, porém eu estava enganada. Um amor imenso por Los Angeles criou-se no momento que cheguei lá e até hoje sinto saudades. Sem contar que as fotos mais bonitas que já tirei foram lá. A viagem rendeu muitos posts (e flood no instagram) que você pode conferir aqui: 1, 2, 3 e 4.

Setembro:

Entre as coisas que aconteceram no mês mais legal do ano, o que o tornou inesquecível foi a minha festa surpresa. Que foi surpresa mesmo ao ponto de me fazer chorar quando entendi o que estava acontecendo. Logo eu que reclamava que nunca tinha tido uma festa assim, finalmente aconteceu e eu contei tudo nesse post. Novamente, obrigada amigos lindos por esse dia maravilhoso. ♡

Outubro:

Entre todas as coisas boas de Outubro: comidas, amigos, viagem. A melhor foi a festinha de Halloween que montei em menos de uma semana pra celebrar uma das datas mais legais do ano. Infelizmente, não temos a cultura de sairmos fantasiados pela cidade (fora festas) nesse dia, mas não me impediu de me inspirar e reunir alguns amigos pra uma maratona de filmes de terror com direito a hamburguer caseiro feito por euzinha no final da noite. Tem post sobre isso também bem aqui.

Novembro:

Escolhi essa imagem mais ‘aleatória’ de São Paulo porque, achei bonita, me julguem, mas é uma forma de ilustrar a mudança na minha vida que aconteceu nesse mês. A viagem pra SP atrás de um apartamento, a mudança pra essa cidade que me receberá daqui três semanas, e enfim, uma nova etapa na minha vida. Expliquei um pouco mais aqui, mas a vida é imprevisível e mais detalhes e novidades vocês vão ter em tempo real a partir do ano que vem.

Dezembro:

O ano não acabou, ainda temos alguns dias, e as fotos de Natal não ficaram lá essas coisas porque, bom, todo mundo tava com fome e eu ia perder muito tempo tirando foto da ceia. Então, para celebrar o ano das selfies, vai uma selfie desse mês, HAHAHA. Mas sério, eu tento colocar essa foto mais pra encerrar um ciclo de aceitação que eu tive comigo mesma, de estar trabalhando em gostar de mim por mim nos últimos anos e acho que nesse ano, eu consegui me aceitar e me amar mais do que qualquer outro. Com a mídia sempre falando que nunca seremos tão lindas quanto modelos e as atrizes que admiramos, e com os blogs te julgando pelo chocolate que você come pós o almoço de domingo, eu me sinto uma vencedora de driblar tudo isso e assumir que eu como sim o que eu quiser e que não vai ser o tamanho do meu manequim que vai falar se eu sou bonita ou não.

Eeeeenfim, parando de papos sérios, essa foi a retrospectiva do ano e meu deus, que ano feliz, cheio de acontecimentos, e que terminou de uma forma que eu não planejava, mas muito mais positiva. Ainda quero fazer uma retrospectiva de recomendações, mas não sei se sairá esse ano ou no que vem.

Feliz Ano Novo desde já a todos vocês que me acompanham aqui e pela vida. ♡

Share: