Faz tempo que não faço um post falando dos filmes que ando assistindo, e ano passado não passei muito tempo no cinema/netflix da vida, mas esse ano quero dar uma mudada e tirar um bando de filmes da minha watchlist. Esses foram os que assisti mais recentemente e merecem ser comentados:

Confesso que assisti o filme pelo meu amor e crush eterna: Kristen Stewart. Na realidade, ultimamente os últimos filmes que ela tem feito são todos muito bons e isso me dá um orgulho imenso de falar que vocês nem tem ideia. A história é sobre uma atriz veterana que volta a fazer o papel que a deixou famosa 20 anos atrás, mas agora como a personagem mais velha, e ao mesmo tempo vemos o relacionamento dela com a sua assistente. Enfim, é uma análise bem interessante da carreira dela, das relações entre duas mulheres e como uma lembra influencia na outra. Esse filme daria um post, mas inicialmente só digo isso: assistam.

Acima das Nuvens (Clouds of Sils Maria), 2014, 124min. Diretor: Olivier Assayas. Elenco: Juliette Binoche, Kristen Stewart e Chloe Grace Moretz.

Um dos concorrentes ao Oscar, por causa dessa mulher maravilhosa chamada Julianne Moore, Still Alice conta história de uma mulher, mãe, esposa, professora que nos seus 40 e poucos anos descobre que tem alzheimer. Nossa, eu não esperava ficar tão triste e chorar tanto no final desse filme. É de uma dor absurda ver aos poucos a memória falhando e a luta contra o inevitável. Não vi nem de longe todos os filmes do Oscar, mas esse foi um dos meus preferidos.

Para Sempre Alice (Still Alice), 2014, 101min. Diretor: Richard Glatzer. Elenco: Julianne Moore, Alec Baldwin e Kristen Stewart.

Taí o filme mais emocionante que vi nos últimos tempos e um dos meus preferidos no Oscar também. Imaginava que fosse bom, mas sabe quando você sai do cinema se sentindo satisfeita e emocionada com a experiência de entrar e vivenciar um pouco daquela história? É esse filme que se passa na Segunda Guerra Mundial fala sobre um grupo de mestres da criptografia que precisam descobrir uma forma de vencer a Alemanha, e de quebra, inventam o primeiro computador.

O Jogo da Imitação (The Imitation Game), 2014, 114min. Diretor: Morten Tyldum. Elenco: Benedict Cumberbatch, Keira Knightley e Matthew Goode.

Nem só de drama vive essa menina aqui então vai uma comédia romântica que todo mundo tava falando e o Netflix vivia jogando na minha cara quando ia ver uma série. Aquela velha história de: menino é amigo da menina, menina tem namorado, menino se apaixona pela amiga, mas será que a amiga se apaixona por ele? A sorte é que os dois tem carisma e eu adoro a Zoe Kazan, mas é o típico filme que você assiste quando não tem muito o que fazer.

Será que? (What if), 2013, 98min. Diretor: Michael Dowse. Elenco: Daniel Radcliffe, Zoe Kazan e Megan Park.

Pelo que percebi ou você ama ou não gosta Whiplash: e eu não gosto. Entre todos os filmes concorrentes do Oscar esse era o que mais estava interessada em assistir e o que mais me frustrou. A história do pupilo que tem uma relação doentia com seu professor é sempre bem interessante, e eu adoro demais os dois atores, mas tiveram várias horas que eu só achei demais: exagero demais, drama demais, tudo demais. De qualquer forma, é melhor um filme que te faça sentir algo do que aqueles que você sai do cinema e esquece o que viu.

Whiplash (=), 2014, 105min. Diretor: Damien Chazelle. Elenco: Miles Teller, J.K Simmons e Melissa Benoist.

Até a próxima, e espero que os posts de filmes fique mais frequentes. 🙂

Share: