untitled-maud-charlard

Sabe, até hoje eu não entendo… Não entendo o que aconteceu comigo, com você e conosco. Não entendo como chegamos ao ponto que chegamos e onde nos perdemos, e como você disse, se a gente saiu dos trilhos ou só pegou um caminho errado. Provavelmente não teremos a resposta disso tão cedo. Quando nos separamos, eu fiquei sem chão, continuo sem chão, mas não consegui ver meu futuro porque parecia que todos os sonhos que tínhamos construído juntas para ele foram destruídos. Atualmente sinto como se estivesse cega sem saber para onde vou, sem saber o que fazer ou como me sentir. Questionei tanto várias coisas que você me disse, me arrependi de várias atitudes minhas, suas, nossas, e constantemente me pego olhando para trás e refazendo nossos últimos passos para ver se acho algo ou onde nos perdemos. Eu não sei o que foi, ou onde foi, mas eu sei que perdi algo: você.

Me atrevo a falar que sabia que te amava muito, mas te perder me fez ver que meu amor é muito maior do que eu mesma imaginei. Mal cabe ao meu corpo, que as palavras não conseguem expressar (e por isso esse texto assim como os outros ficam sem sentido), que não adianta o quanto eu pense, escreva, fale ainda é muito maior do que isso. A cada momento que respiro noto que você está ali, dentro de mim, e esse amor – que achei ser infinito – consome cada parte do meu corpo e dos meus dias. Amor é uma droga, né? Literalmente. Não tem nada que possa te deixar melhor ou te inspirar quando você acha alguém que te ama e você ama de volta. Tudo parece possível, e a gente sempre sente que pode conquistar o mundo. Talvez eu possa, talvez você possa, talvez quem esteja lendo esse texto possa, mas não vai ser com ninguém além de nós mesmos.

Sem você eu me encontro, mas não sozinha porque depois de tanto sofrer, vejo que tenho a mim. Por meses isso não foi suficiente, já que o suficiente e o correto parecia ser nós, mas será. Eu me bastei por anos e décadas, posso me bastar novamente. Sempre vou levar um pedaço de você comigo, como levo pedaços das poucas pessoas que amei, e espero que você me leve também. No seu passado, no seu coração e nas suas memórias. Elas foram lindas, assim como você é. Assim como nós éramos. Assim como nós somos. Juntas ou separadas.

Eu sempre vou te amar e espero que você sempre me ame também.

Imagem: Maud Chalard

Share: