havingcoffe01

Eu já fiz um post assim uma vez e disse que tentaria fazer dele algo constante e acho muito necessário porque sempre tem uma mudança na minha vida. Então, eu meio que dei o título desse tipo de post pras coisas que eu falaria se a gente fosse botar o papo em dia em um almoço ou numa tarde gostosa, então vamos lá:

  • Fiz outra tatuagem. Uma no pé, como vocês podem ver aqui, e uma menorzinha no dedo de cruz, mas não tirei foto. Incrível que cada vez que você se tatua dá mais vontade de ser tatuar e já quero outra pro outro lado do pé e talvez uma em outro lugar, mas ainda preciso deixar a ideia das duas amadurecerem. Minha mãe agradece e minha conta bancária também, hahaha. E não, não existe significado assim como eu não acredito que tatuagens precisem ter significado e sim só um desejo de marcar o corpo mesmo.
  • Minha mãe veio me visitar e confesso que estava nervosa porque não sabia como ia ser ela aqui em casa na primeira vez, mas foi bem tranquilo e ficamos grande parte deitadas, aproveitando uma a outra e só relaxando. Despedir da mãe é sempre difícil, e queria tanto que ela morasse na mesma cidade que eu, mas não na mesma casa. Acho que notei que cresci mesmo quando notei isso.
  • Recebi outras amigas e visitas também e é sempre bom poder matar a saudade das pessoas que te fizeram bem por anos na cidade que você passou grande parte da sua vida.
  • Chegou o inverno e a última coisa que eu quero é sair de casa. Eu saio porque preciso, saio porque gosto de comer, saio porque amo minhas amigas, mas grande parte do tempo sou eu deitada, vendo filmes e séries, ou estudando.
  • A melhor parte de tudo isso: temos um novo membro na família. Minha prima adotou o Carlos tem três semanas. Ele é bem pretinho, bem lindo, bem vesguinho e tem a cabecinha meio torta e uma patinha também. Segundo a moça da feira que o adotamos, quando era mais novo alguém machucou ele com um pau ou algo que fez dar algum problema neurológico mas nada que o impeça de viver normalmente. Ele chegou super carente porque já tem três anos, mas já fez amizade com os gatos novos e é super, hiper, mega carinhoso com todo mundo até porque 3 anos sem carinho e agora em abundância deixam qualquer gato querendo mais. Tô apaixonada e ele é o rei dos meus snaps ultimamente. <3
  • De resto, passei esse post e grande parte da noite escutando essa música e acho que coisa boa sempre deve ser compartilhada: First Aid Kit – Hard Beliver e a letra é linda:

I just live because I love to and that’s enough you see. So don’t come preach about morality that’s just human sense to me.
And it’s one life and it’s this life and it’s beautiful.
Love is tough, time is rough.

Imagem: Rona Keller

Share: