Essa segunda parte é basicamente o City Tour. A beleza desse pacote foi que nós conseguimos ver locais que já estava na nossa lista, mas sem pagar pelo táxi para visitar um de cada vez. A maioria dos locais era um longe do outro, e alguns você não ficava por mais de meia hora, como foi o caso do El Caminito e o da Bombonera (Estádio do Boca). Sem contar que andando pela cidade e tendo uma vista geral, deu pra ouvir um pouco da história. De vez em quando é bom mudar e deixar uma pessoa te contar isso e não a Wikipédia.

As fotos do post anterior eram, basicamente, todas no Centro. Agora temos em alguns pontos turísticos que se localizam em bairros mais humildes (Bombonera e El Caminito) e muitas outras que eu tirei enquanto passávamos pelos bairros mais “nobres”. A maior diferença que eu vi nos dois lugares, isso inclui o Centro como humilde, é a pichação. Enquanto grande parte do Centro é cheia de graffiti, pichações e mensagens pelas paredes, por ser um local próximo a Casa Rosada (Prefeitura), onde tinham passeatas e etc. Os outros bairros são muito mais bem cuidados: sem papéis no chão, parede limpa, bem mais calmo, as pessoas recolhem as coisas da rua. Acho que em parte não é pra cuidar só da cidade, mas principalmente pra continuar com o status de bairro bom, bonito e limpo. Enfim, vamos as fotos.

 Obelisco (ou pra mim: o ponto turístico mais inútil da cidade)

As próximas são pelo iPhone dentro do ônibus no City Tour.

A Floralis Generica

Catedral Metropolitana de Buenos Aires

Estádio do Boca aka Bombonera (porque todo ele parece uma caixa de bombom)

El Caminito ♡

Amiguinhas de viagem 🙂

De toda viagem, o que eu mais queria conhecer era o Caminito. Desculpem pela grande quantidade de fotos de lá, mas eu achei bonito demais pra compartilhar só umas duas ou três. E peço desculpas, também, pela quantidade de fotos no geral, mas espero que você tenham tido uma noçãozinha do quanto Buenos Aires é linda. Agora só falta a terceira e última parte do post. 🙂

Share: